Postagens populares

Google+ Followers

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

DEUS AGE A NOSSO FAVOR!


I Samuel 3:1-3 “O jovem Samuel servia ao Senhor, perante Eli. Naqueles dias, a palavra do Senhor era mui rara; as visões não eram freqüentes. Certo dia, estando deitado no lugar costumado o sacerdote Eli, cujos olhos já começavam a escurecer-se, a ponto de não poder ver, e tendo-se deitado também Samuel, no templo do Senhor, em que estava a arca, ANTES QUE A LÂMPADA DE DEUS SE APAGASSE”.
O fato de a lâmpada do santuário estar acesa indica que ainda não havia amanhecido. Contudo, não se pode descartar a possibilidade de existir um sentido simbólico: A LUZ DA LÂMPADA DÁ A ENTENDER QUE O SENHOR ESTÁ PRESENTE NO MEIO D SEU POVO E QUE VAI AGIR EM FAVOR DELES. (Comentário da Bíblia de Estudo Almeida)
   


EU AMO A MINHA CÉLULA!
Pra. Lidia Pires

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008



“Vai, pois, come com alegria o teu pão e bebe gostosamente o teu vinho, pois Deus já de antemão se agrada das tuas obras. Em todo o tempo sejam alvas as tuas vestes e jamais falte o óleo sobre a tua cabeça.” Eclesiastes 9:7-8“Seu nome é Roger Crawford. Ele ganha a vida como consultor e palestrante. Escreveu dois livros e viaja pelos Estados Unidos trabalhando com grandes empresas, associações estaduais e nacionais e escolas.
Se essas credenciais não o impressionam, ainda tem mais: antes de se tronar consultor, ele era um tenista profissional famoso. Ainda não está impressionado? Tenho certeza de que sua opinião vai mudar quando eu lhe disser que Roger não tem mãos e possui apenas um pé!
Quando Roger Crawford nasceu, os médicos viram que ele tinha uma projeção parecida com um polegar que se estendia a partir do antebraço direito, e um polegar e um dedo indicador que se projetavam do antebraço esquerdo. Roger não tinha as palmas das mãos. Suas pernas e seus braços eram encurtados, e o pé esquerdo, atrofiado, com apenas três dedos. (O pé foi amputado quando ele tinha cinco anos.) Os pais de Roger ouviram de vários médicos que ele nunca poderia andar, que provavelmente não seria capaz de cuidar de si mesmo e jamais levaria uma vida normal. Depois de se recuperarem do choque, eles decidiram oferecer ao filho as melhores oportunidades possíveis para que tivesse uma vida normal. Os pais o criaram de modo a que se sentisse amado e se tornasse forte e independente. [...] “Meus pais nunca permitiram que eu tivesse pena de mim mesmo ou usasse minhas limitações para me aproveitar das pessoas”, afirma Roger. [...] Roger afirma: “As deficiências só nos incapacitam se permitirmos. Isso se aplica não apenas às limitações físicas, mas também às emocionais e intelectuais... Acredito que limitações reais e duradouras são criadas em nossas mentes, não em nosso corpos.” (Extraído de Dando a volta por cima, comentário do livro A Escolha é sua de John C. Maxwell, pág. 13)
“Se você é uma criança, não queira crescer rapidamente. Se quiser ser um adulto feliz, você precisa ser uma criança feliz. Se quiser ser feliz, desligue um pouco a TV e aprenda a brincar, sorrir, correr e viver intensas emoções. A vida adulta é muito séria e tem muitas ansiedades, por isso aproveite o tempo da ingenuidade. Curta seus amigos, role no tapete com seus pais, beije-os, toque-os. Se você é um adolescente, não viva numa crise crônica de insatisfação. Honre a sua inteligência, aprenda a fazer muito do pouco e a amar aquilo que você tem. Dê mais valor ao conteúdo do que à embalagem e não fique colocando defeitos em seu corpo. Rebele-se contra o padrão de beleza expresso pela mídia. Seja feliz do jeito que você é. A beleza está nos olhos de quem a vê....Se Você é um adulto, não aja por instinto como agiu no começo da vida. Aprenda a expor e não impor as suas ideais. Treine ser eficiente, lúcido e trabalhar em equipe. Mas não viva para trabalhar – trabalhe para viver. Faça coisas fora da sua agenda que promovam seu prazer de viver e sua tranqüilidade...Se você é uma pessoa idosa, deixe a sabedoria vestir a sua inteligência. Não tenha medo do fim da existência. A vida é apenas uma gota na perspectiva da eternidade. Viva cada minuto como um momento inesquecível. Não deixe o medo ser seu mestre. O medo é um péssimo matemático. Ele sempre aumenta e distorce a realidade. Aposente-se de seu trabalho, mas não aposente sua inteligência.” (Você é insubstituível de Augusto Cury, págs. 92 a 95)
O ano termina e um novo ano se inicia, o que você pretende fazer com ele? Desejo que acredite que o Senhor se agrada de você, mas lembre-se de nunca deixar faltar o óleo, que é o Espírito Santo em sua vida. Leia a Bíblia e ore diariamente, tenha comunhão com seus irmãos e seja perseverante em suas conquistas.
Com carinho,
Pra. Lidia Pires

quarta-feira, 28 de maio de 2008


I Samuel 3:1-3 “O jovem Samuel servia ao Senhor, perante Eli. Naqueles dias, a palavra do Senhor era mui rara; as visões não eram freqüentes. Certo dia, estando deitado no lugar costumado o sacerdote Eli, cujos olhos já começavam a escurecer-se, a ponto de não poder ver, e tendo-se deitado também Samuel, no templo do Senhor, em que estava a arca, ANTES QUE A LÂMPADA DE DEUS SE APAGASSE”.

O fato de a lâmpada do santuário estar acesa indica que ainda não havia amanhecido. Contudo, não se pode descartar a possibilidade de existir um sentido simbólico: A LUZ DA LÂMPADA DÁ A ENTENDER QUE O SENHOR ESTÁ PRESENTE NO MEIO D SEU POVO E QUE VAI AGIR EM FAVOR DELES. (Comentário da Bíblia de Estudo Almeida)

terça-feira, 20 de maio de 2008

JESUS RESTAURA OS VALORES DA FAMÍLIA.


Lucas 15:8-9 “Ou qual a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma dracma, não acende a candeia, e varre a casa, e busca com diligência até a achar? E achando-a, convoca as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque já achei a dracma perdida. “

Jesus contou essa parábola da dracma perdida para falar do Seu projeto de salvação da humanidade, investindo no homem perdido mas, ela é também uma figura perfeita para ilustrar a realidade de não poucos lares onde valores desapareceram e, sobretudo, concorda com os princípios bíblicos de como reencontrá-los.

Na parábola contada, por Jesus, a mulher possuía dez moedas (dracmas), perdeu uma dentro de casa e saiu à procura até encontrá-la.

JESUS RESTAURA OS VALORES DA FAMÍLIA.

·
Quais as dracmas que sumiram dentro de sua casa?

a) Sumiu a dracma do respeito.

Respeitar é considerar o valor, o direito e os gostos do outro. É tratar as pessoas com dignidade e dar importância a elas.

Pais e filhos: “Vós, filhos, obedecei em tudo a vossos pais, porque isto é agradável ao Senhor. Vós, pais, não irriteis a vossos filhos, para que não percam o ânimo.” Colossenses 3:20-21

Marido e mulher: “Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios maridos; para que também, se alguns não obedecem à palavra, pelo porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavra; (...) Igualmente vós, maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações.” I Pedro 3: 1 e 7

Paulo define o respeito com a seguinte expressão: “...considerando cada um os outros superiores a si mesmo.” Filipenses 2:3

b) Sumiu a dracma do carinho.

Carinho é uma manifestação de amor verdadeiro.

“Finalmente, sede todos de igual ânimo, compadecidos, fraternalmente amigos, misericordiosos, humildes.”

c) Sumiu a dracma do diálogo.

Como o iceberg que afundou o Titanic, os membros da família vão formando rochas submersas no interior e, em determinados momentos, essas montanhas flutuam no mar da vida e racham o casco da casa.

I Pedro 3:10 “Pois quem quer amar a vida, e ver dias felizes, refreie a língua do mal, e evite que os seus lábios falem dolosamente”

d) Sumiu a dracma do perdão.

Não está existindo abertura mais para o acerto, para a outra milha.

·
Algumas atitudes sábias da mulher que perdeu a dracma.

a) Decida ser o herói da sua casa.

O primeiro segredo para achar as dracmas perdidas em casa: “..porque ACHEI a dracma que EU tinha perdido.”

Foi também ela quem procurou. Não foram as vizinhas que foram varrer sua casa.

Decida você mesmo ser usado por Deus para essa missão. “...Eis-me aqui, envia-me a mim.” Isaías 6:8

b) Valorize os pequenos detalhes

A mulher tinha dez dracmas, perdeu apenas uma. Ficou com nove, com a maioria, mas, antes de perder a segunda, ou a terceira, parou para correr atrás do pequeno prejuízo.

c) Seja diligente

A expressão do texto diz: “Até encontrá-la”. Ela só parou de procurar quando encontrou, elas não estavam na rua, estavam dentro de casa.

d) Acenda a candeia

Foi a primeira coisa que ela fez.

Jesus disse: “Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida.” João 8:12

O ENVOLVIMENTO SÉRIO COM JESUS ILUMINA NOSSA HISTORIA, NOSSA VIDA, NOSSA CASA, E ISTO É BÁSICO PARA ENCONTRARMOS AS DRACMAS PERDIDAS.